quarta-feira, junho 28, 2006

RAT AU VAN

Comemoram-se hoje os 90 anos da batalha do Somme, e numa das pecas do noticiario da hora do almoco um reporter acompanha um grupo de pre-adolescentes ingleses ao Imperial War Museum. Um guia explica pacientemente a garotada que a racao dos soldados na guerra das trincheiras consistia basicamente de comida enlatada e comida enlatada:
-Hu... e nao havia opcao de comida vegetariana?-pergunta um rapazito de ar serafico.
-O que e que eles faziam se nao gostassem da comida?-acrescenta outro.
.
A estes pes-de-salsa infanto-juvenis proponho o reportorio culinario do private Baldrick, soldado de pouco gloriosa mas muito estimada memoria, que combateu (e provavelmente morreu) no que pensava ele ser a Grande Guerra de 14-17 :

Rat au Van (a rat that's been run over by a van),
Filet mignon in sauce bearnaise (dog turds covered in glue),
Plum duff (a mole hill decorated in rabbit droppings),
Cream custard (cat's vomit), and
A sort of coffee which consists of hot mud, spit, dandruff and rather dubious 'chocolate sprinkles'.

4 Comments:

At 1:52 da tarde, Blogger ana said...

Melhor que essa ementa só os chocolates dos Monthy Python - só me lembro do crunchy frog, mas os outros eram igualmente apetitosos. E, for the record, a I Guerra Mundial continua a ser considerada a Grande Guerra.

 
At 2:00 da tarde, Blogger Joana said...

A grande guerra de 14-17 faz parte de um dos dialogos mais tragico-comicos de sempre. No ultimo espisodio do Balckadder IV o capitao Blackader e companhia recebem finalmente a ordem para atacar os alemaes. Uns minutos antes do ataque e por qualquer motivo que ninguem percebe muito bem os disparos de artilharia param e alguem comenta que se calahra a guerra acabou mesmo. O soldado Baldrick tem entao uma tirada do estilo "Que bom que sobrevivemos a grande guerra de 14-17".

 
At 2:57 da tarde, Blogger ana said...

Como sempre, comentei antes de ler como deve ser. Tenho mesmo de ir apanhar o neurónio que ficou a secar na corda.

 
At 3:25 da tarde, Blogger Witchie said...

É incrível como os facilitismos da vida dos dias de hoje nos fazem tão ignorantes daquilo que aconteceu em tempos...

 

Enviar um comentário

<< Home