domingo, novembro 20, 2005

JOANA X POSTS SOBRE MARIDOS/NAMORADOS PERFEITOS

Ha um grupo de mulheres na blogosfera portuguesa que me enerva supinamente: as que escrevem posts sobre o seu marido/namorado perfeito com uma frequencia superior a trinta vezes por mes.
Tenho que confessar que este tipo de blog desencadeia em mim pensamentos de varios tipos, e nenhum deles particularmente caridoso ou edificante. Mea culpa! Adimitindo que tudo quanto e publicado num blog e a mais pura e cristalina verdade, pergunto-me porque motivo serei eu a unica mulher do hemisferio ocidental casada com um homem que tem mau feitio, responde torto,ressona, deixa as botas e o casaco no meio da sala e nao e sobrenaturalmente sexy e bonito. Porque, meu Deus, porque?
A familia da minha mae sempre foi apologista do principio biblico que apregoar a nossa boa sorte atrai sobre nos a ira do Senhor e desgracas dignas do livro de Job, desgracas com D grande e direito a choro, ranger de dentes, rasgamento de vestes em praca publica, linguas coladas ao ceu da boca ...the full monty. Neste aspecto somos mais judaicos que a familia do Nuno Guerreiro e espanta-me que haja quem quebre este preceito de animo leve. Sera que estas senhoras nunca ouviram falar de hubris e de nemesis? Nao, nao ouviram. Provavelmente passaram as aulas de portugues do decimo ano a desenhar coracoezinhos e a escrever o nome do namorado no caderno em vez de prestarem atencao aos "elementos da tragedia classica introduzidos na literatura portuguesa pelo autor d'A Castro, Antonio Ferreira".
Mas mesmo quem nunca tenha lido Sofocles e Euripides de certeza que ja passou uma tarde de domingo em casa a ver adaptacoes de romances da Daniele Steele na TVI, aqueles telefilmes protagonizados pela actriz que representava o papel de Laura Ingalls na Casa da Pradaria aqui ha 350 anos. O que e que acontece a heroina boazinha com um namorado/marido perfeito? Uma sucessao de infortunios e calamidades digna de figurar numa antologia da literatura de cordel ou em qualquer episodio de uma serie televisiva escrita por Francisco Moita Flores.
Nao digam que eu nao avisei e que a TVI nao presta bons servicos ao publico portugues.

6 Comments:

At 10:48 da manhã, Blogger papalagui said...

E logo agora que escrevi um post sobre o meu H.... ;-)Pois para que conste tem também características dos comuns mortais como as que referes, mas outras que o teu também há-de ter e que não se apregoam por aí. E mais, o ínicio do casamento é uma coisa muito difícil. Desconfio sempre muito de quem proclama aos sete-ventos as suas grande felicidade e os maridos invejáveis... Beijinhos muito grandes ;-)

 
At 2:15 da tarde, Blogger ana said...

Lol. Tens razão, são um bocado irritantes e suspeitos. Aliás, o género chick-blog merece-me o mesmo desprezo que a chick lit. Lembro-me de um, de uma daquelas tias que 'resolveu' ser esposa e mãe, que se dedica paulatinamente a atacar todas as mães que trabalham, acusando-as de negligência para com os filhos. Enfim, todos usamos a blogosfera para terapia, as 'doenças' é que variam.

 
At 2:29 da tarde, Blogger belém said...

ehehehe Que maravilha!

Eu confesso que falo do meu amor pelos cotovelos do silêncio. Por pudor e por medo, que esta herança da nossa educação não é para brincadeiras: mais vale prevenir.

Quanto a esses chickblogs, confesso que não leio, não invejo, e desconfio.

Mas vou a correr ler o post (picante?!) da Papalagui! ;)

 
At 11:01 da tarde, Blogger Patrícia said...

lolol....ainda e tao cedo e ja me fizeste rir a gargalhada Joana!
Confesso que ja li uns quantos posts na blogosfera que me fizeram torcer o nariz....quando a esmola e demais o pobre desconfia! Mas fico sempre a pensar que afinal me enganei e podia ter arranjado muito melhor!?!?!?!?!? Naaaa.....

 
At 2:10 da tarde, Blogger Elsita said...

ohohohoh o que EU NÃO ESTOU a perder ;o)
Viva as solteironas, ou, como dizem os meus amigos, as encalhadas!! :P

 
At 4:57 da tarde, Blogger patxocas said...

Uma união de facto é o que?

E não tem sido fácil, não. Já temos 9 meses a viver juntos.
E em muita coisa concordo contigo, J. e A. e L. e B. e P. :D

Oh Elsita, na minha terra ainda sou considerada encalhada. ;)

 

Enviar um comentário

<< Home