terça-feira, abril 25, 2006

UM POEMA PARA O 25 DE ABRIL

O Portugal futuro é um país
onde o puro pássaro é possível
e sobre o leito negro do asfalto da estrada
as profundas crianças desenharão a giz
este peixe de infância que vem na enxurrada
e me parece que se chama sável
Mas desenhem elas o que desenharem
é essa a forma do meu país
e chamem elas o que lhe chamarem
Portugal será e lá serei feliz
Poderá ser pequeno como este
ter a oeste o mar e a Espanha a leste
tudo nele será novo desde os ramos à raíz
À sombra dos plátanos as crianças dançarão
e na avenida que houver à beira-mar
pode o tempo mudar será verão
Gostaria de ouvir as horas do relógio da matriz
mas isso era o passado e podia ser duro
edificar sobre ele o Portugal futuro

.
Ruy Belo, O Portugal Futuro
Imagem: Maria Elena Vieira da Silva, A Poesia Esta na Rua

.
EU VI O "AGORA A POESIA ESTA NA RUA", no blog da Metis e achei que era a imagem perfeita para complementar o poema do Ruy Bello. Tive pena de nao me ter lembrado desse quadro antes.

3 Comments:

At 4:25 da tarde, Blogger RAA said...

Feliz 25 de Abril!

 
At 11:08 da manhã, Blogger MetisAlfa said...

Olha la, ja ouviste falar em plagio e gamar ideias!?!?! Ao menos podias referir donde te veio a "inspiracao" para este post e esta imagem, nao?...
Copiona...

 
At 11:29 da manhã, Blogger ana said...

Ah, Ruy Belo. Não há palavras que cheguem às dele.

 

Enviar um comentário

<< Home